quinta-feira, 17 de março de 2011

pecado declarado

Eu tenho uma formiguinha dentro do armário.
Que coisa irritante isso pode ser.
Ela tem uma família imensa....
Que não tem vergonha alguma,
em aparecer.
Andam pela minha casa toda, comem e bebem,
amanhecem e adormecem .
Não me ajudam nem com um centavo .
Casa, comida, condômino, empregados.
As fulaninhas são tão pequenininhas.
Tem que ser no azulejo branquinho
prá gente conseguir ver.
No começo não dava importância,
tinha dó das coitadinhas.
Fiz de tudo que me ensinaram,
prá ver se elas se mudavam,
elas também tem o direito de viver...
Só que agora as danadinhas deram para morder.
Sinto muito meu Deus por esse pecado.
Mas.... elas vão morrer.



texto de remall.
foto de remall, no armário da cozinha da cidade.

10 comentários:

  1. Elas são chatinhas mesmo... Mas aqui em casa tenho uma formigona que ataca doces,srrsrs beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. Lololol Pois então! Assim é que não pode ser! lolol

    ResponderExcluir
  3. oi Remall

    Tem um dia que não dá mais pra aguentar...kkk
    sei que tem umas formiguinhas que mordem e parecem ferradas de tanto que dói, aí não tem jeito.

    bju bju

    ResponderExcluir
  4. Remall,

    Escreva um bilhete a elas dizendo que irá matá-las todos caso não se retirem. Não ria é assim mesmo.

    Deixe o bilhete dentro do armário e depois de alguns dias (preferência lua nova), limpe tudo inclusive elas do lugar.

    Vão desaparecer. E acrescente folhas de louro o mas frescas que puder encontrar, pelo armário.

    Abraços,

    Elaine

    ResponderExcluir
  5. Te entendo perfeitamente.
    Aqui elas não dão sossego.
    Também tentei de tudo, mas não posso me dar ao luxo de tentar por muito tempo. Sou alergica, se elas me picam inxa e enche de pipoquinha de pus.
    Deus viu que você tentou, ele perdoa sim.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. pobrezinhas .. rs

    bjs

    ResponderExcluir
  7. Ainda me estou a rir. Este texto está tão engraçado, que até me esqueci que vais cometer um assassinato...tadinhas.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  8. Adorei...:))
    Estou com o mesmo problema..:))
    E já está decretado o dia do "fim" , coitadas..
    será amanhã..kkk
    Super beijos, minha querida amiga,
    Regina d´Ávila.

    ResponderExcluir
  9. Amigas, eu tento, tento mas não consigo me livrar delas. O maridão não tem dó, quando ele vem chegando na cozinha eu digo: corram, corram.
    Só que agora elas estão em todo lugar, no bolo, nos pães, nos doces ,nos salgados, sucos, em tudo e pela casa todo.
    Que família gigante elas tem, acho que a árvore genealógica delas é a floresta amazônica inteira.rsrsrrs
    E agora estão subindo na gente...
    sinto muito mas já comprei kaltrine.
    que Deus me perdoe, mas sou uma assassina confessa.

    ResponderExcluir
  10. Como vai você...
    Desejo que estejas bem...
    Cheio de paz...
    Saúde e muita inspiração...

    Na correria do dia – a – dia...
    Eu penso em você...
    Na tua alegria...
    Na tua tristeza...
    Nos seus belos comentários...
    Em poemas meus...

    Lendo você...
    Mato saudades...
    Passo pra te dar bom dia...
    Deixar-te meu abraço...
    Meu carinho...
    E dizer eu adoro você...
    Caso precisares de mim...
    Estou aqui conte comigo...

    (((((* - *)))))

    Obrigado por você existir...
    Tenha um exelente fim de semana com muita paz felicidade e cheio de novidades bjkas.

    ResponderExcluir

adoro suas letrinhas combinando com as minhas