quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

coragem

E assim eu desisti de tudo
Cansei de tentar mudar
Eu ou o outro
Dar nome aos bois
Tentar esclarecer
Colocar o pingo nos "is"
E assim me enchi de coragem
E  parti
Parti em busca das alegrias bobas
Do baú no final do arco-íris
De deixar sair da jaula meu sorriso
De me encantar com o que me faz  feliz
E então eu me encontrei
Soltei o cabelo ao vento
Gritei para escutar o eco
Fiquei horas sem fazer "nada"
Horas ocupada em ser feliz
E nesse momento 
Surgiu o amor sem limite
A paz sem fronteiras
A luz que me ilumina
Amém



texto remall
foto remall, em pleno ócio na Querência

7 comentários:

  1. Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. felicidade para vc também, Soneca

      Excluir
  2. Às vezes é impossível não se sentir assim, mas que bom que voltou o AMOR. Ele é mesmo um sentimento sem limites.

    Beijos,
    Sorteio de Livro – Nina & Suas Letras | Youtube

    ResponderExcluir
  3. Ahaha, adorei a foto ; )
    é muito bom não ter medo de ser feliz, as vezes somos muito presas, muito travadas!

    bjo grande

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. medo de amar e ser feliz, Ana...ahahaha jamais !

      Excluir

adoro suas letrinhas combinando com as minhas