quarta-feira, 14 de setembro de 2011

quando

Quando você se sentir angustiado, fale.
Palavras doces, melodias ao coração.
Quando você se sentir sozinho,compartilhe.
Sorrisos sinceros, abraços apertados.
Quando você se sentir sem saída, continue.
Caminhe, deixe a poeira abaixar.
Quando você se sentir desprezado, erga a cabeça.
Olhe nos olhos, se olhe o espelho , se orgulhe de si mesmo.
Quando você se sentir enganado, confie.
Encare os perigos, seja forte, não desista.
Mas, quando você se sentir apaixonado, voe.
Voe alto, acredite, confie, sorria, abrace, divida,
viva intensamente a vida.
E na altura dos ventos, AME !
E deixe cair sobre todos, as maravilhas do amar.


texto remall.
foto remall, boborleta na Querência que não tem receio de voar

7 comentários:

  1. Lindo poema Remall, o amor sempre inspirando belos versos.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá Remall!!
    Bravoooooooooo...Este poema é uma Benção!!!
    ADOREI!!!

    Tenha um Belo Dia!!!
    Muita Luz!!!

    ResponderExcluir
  3. Sim...linda Borboleta!!! Linda!!!

    Beijinhos Iluminados!!!
    Paz e Luz!!!

    ResponderExcluir
  4. Rose, estamos precisando respirar fundo.
    Roberta, todas nós distribuimos bençãos,cada uma a sua maneira.Me sinto abençoada toda vez que vou na sua casa.
    Luneta, são palavras verdadeiras.
    Isa, o amor pode mudar tudo

    ResponderExcluir
  5. aH!! O AMOR!!!!
    Que lindo! lindo demais o que voce escreveu!
    bjs
    Tina ( meu cantinho na roça)

    ResponderExcluir

adoro suas letrinhas combinando com as minhas