quarta-feira, 8 de junho de 2011

descoberta

Sou o que transforma
O que te toca
O que faz sorrir
Sou seu dia iluminado
Seu coração restaurado
Sou o seu destino de luz
Serei tudo que quiseres
Serei o mais belo dos brilhos
O olhar que nunca se perde
A boca que seduz
Já fui o caminho certeiro
Fui sonho
Nunca pesadelo
Fui a semente que hoje flori
Não sei se sou, serei ou fui
Não entendo de tempo presente
Não gosto do passado ausente
Não conheço o futuro das mentes
Vivo no coração
Na alma que encanta
Na palavra que traduz
Sou só amor 
E só hoje que descobri




texto remall.
foto remall, caminho de flores de quaresmeira na Querência.

6 comentários:

  1. Ainda bem que você descobriu, as vezes o amor passa e a gente nem vê, não é? Belo poema.
    Um beijo
    Denise

    ResponderExcluir
  2. Uau!! Que lindo!

    Descobertas... vamos nos descobrindo, vamos nos conhecendo. É delicioso.
    Lindo texto, lindo poema,
    Super carinhosos beijos, querida amiga,
    Regina d'Ávila.

    ResponderExcluir
  3. Lindas descobertas!!!Belo,belo!!!

    Beijinhos!!!
    Muita Luz!!!

    ResponderExcluir
  4. "Sou o que transforma
    O que te toca
    O que faz sorrir..."

    Uau... amei!

    Lindo poema.

    beijos

    ResponderExcluir
  5. Sendo só amor, já se é o principal, já se é a energia que move o mundo. Tu és assim.

    Beijos

    ResponderExcluir

adoro suas letrinhas combinando com as minhas