quinta-feira, 30 de junho de 2011

tudo é assim agora

Quando toda essa tempestade que assolou minha vida passar,
sei que posso estar encharcada,
exausta,
caída,
mas sei também que vou conseguir me colocar de pé.
Pois assim é feita a minha vida,
de descidas e subidas.
Quando tudo não parecer mais com o que reconheço,
sei que vou ver a saída,
me juntar aos que fazem da resiliência
um meio de vida.
Sei que vou estar aqui.
Viva.
Pois as tempestades vem e vão.
Podem trazer raios e trovão,
destruição.
Mas as suas águas também trazem vida.
Esfregam a alma.
Lavam a dores.
Apaga a fogo.
Transforma toda cinza,
em verde de campina.
A água em minha terra faz brotar semente,
que surge do nada.
Esperança em sol e luz.
Em recomeço.
Em novamente subida.
Assim sei  e aprendi.
Posso estar no chão.
Mas sei que posso me levantar em seguida.
Para isso tenho a sua mão e a minha fé.
A continuidade da vida.
Quando toda essa tempestade passar.
Vai aparecer o sol  .




texto remall.
foto remall, chuva e sol na cidade.

nota 1000

Como eu sou boa, Deus também foi bom prá mim.
Não é que a assistência técnica da Elaine Figueira,
do Blog lar Encantado é um sucesso.
Me deu uma pequena dica...e BUM !   !  !


Amigos CHEGUEI...estou de volta . hahahahahaha.

Bom dia para todos !
E espero continuar assim, funcionando a mil por hora.




texto remall.
foto remall, flor da Querência
( que eu dedico é claro para a Elaine Figueira)

quarta-feira, 29 de junho de 2011

ih ! deu defeito

Queridos amigos,
tudo um dia na vida estraga, e agora acho que chegou a minha vez.

Não consigo comentar em nenhum blog, nem no meu !
Não vou ficar tentando aqui e ali, sou péssima na tecnologia.
Estou lendo a postagem de todos vocês e comentando em pensamento.
Quem tem ouvidos que ouça.
Quem tem o coração aberto
que descubra todas as coisas boas e engraçadas
que ando dizendo para vcs.  kkkkkk

um abraço e boa noite,
e até um dia...em que eu consiga funcionar plenamente de novo.


texto remall.
foto remall, ( nem a foto que tirei deu certo ) ...sai prá lá uruca.

1 + 1

Se eu te completo, então estou aqui.
Meu olhar pode te levar por lugares desconhecidos.
Minha alma pode te fazer voar com asas dos anjos.
Meu coração pode te proporcionar sensações além de sentimentos .
Se eu te completo, então venha comigo.
Meus pés te acompanharão por caminhos  perigosos.
Minhas mãos te farão o carinho perdido.
Minha respiração completará todo o seu vázio.
Se eu te completo,
você só pode ser meu complemento.


texto remall.

terça-feira, 28 de junho de 2011

desafio

Eu te desafio a se mostrar quem realmente é.
Sem mascaras ou véus.
E que não aja como réu.
Eu te desafio a dizer tudo que pensa.
Sem rodeios ou meias verdades.
E que não minta para se passar de santo.
Eu te desafio a se entregar.
Sem medos ou receios.
Inteiro, com todos os seus sentimentos.
Eu te desafio.
Quero saber e ver, se você pode.
Se você tem coragem.
Se você aceita o desafio.
Se consegue ser claro como o dia.
Se pode ser translúcido como a agua.
Agora é só eu e você.
Agora só restou a sinceridade.
Eu te desafio.
verdade x verdade.
Pois só assim pode ser uma amizade.




texto remall.
foto remall, andorinhas (símbolo da amizade )
no fio de luz da Querência.

segunda-feira, 27 de junho de 2011

memórias de um cachorro - bobo,doido

Ela realmente desapareceu daqui.
O Grandão vem e cumpre o ritual; comidinhas, carinhos
e desta vez trouxe leite também.
Bebi tanto que acho até que vou ter dor de barriga.
Ele trouxe uma nova bolinha ( ou alteres) de presente.
Esse novo é verde.
Não posso dizer que não gostei,pois o último eu já destrocei todo.
Destrocei também umas plantas novas e uns vasos vazios,
e confesso que mastiguei dois pés de chinelos,
e mastiguei umas flores de orquidea,
que tinham uma cor linda de laranja e um gostinho meio doce.
Ele continua chateado,
pois enquanto o cara que toma conta de tudo
descrevia em detalhes o que eu havia feito,
o Grandão nem deu muita importância.
Achei bom,pois assim não fui mandado de castigo para a casinha.
Mais tarde um pouco ele resolveu brincar comigo de jogar a bolinha,
só que tem um pequeno detalhe...
Ele não pensa no lugar aonde vai jogar,
e toda hora jogava dentro dos pés de mexerica
e eu tinha que ficar feito um bobo, doido procurando.
Ele ria e acho que era de próposito.
Não posso reclamar muito, pois foi divertido.
E entre uma jogada e outra Ele chupava mexerica e eu também.
Assim, passou o dia...
De tardinha Ele começou no antigo entra e sai da casa, fechando janelas,
indo na horta e pegando folhas;
indo no galinheiro e pegando ovos.
Já conheço bem o que isso significa.
O dia acabou.
Ele foi embora.
Ela não veio.
Meu irmão ficou deitado de bico.
Eu subi no banco e fui dormir.
Amanhã é outro dia...
e quem sabe Ela volta prá casa.


texto remall.
foto Grandão, cachorro bobo,doido nos pés de mexerica da Querência.

domingo, 26 de junho de 2011

as águas

As curvas do rio levam  para longe as águas cristalinas,
com certeza elas seguem para o mar.
As curvas do rio levam para longe as folhas que caíram,
vão boiando sem afundar.
As curvas do rio são cheias de pedras,
vão rolando e não sabem aonde vão parar.
Nas curvas do rio me deleito .
Nas curvas do rio eu me deito.
Nas curvas do rio perco de vista seu olhar.
Mas são só curvas.
São só as águas de um rio.
E o mais importante...
não perder o seu olhar.



texto remall.
vídeo remall, na minha Querência.
video

sábado, 25 de junho de 2011

sensações

Procure um lugar.
Me diga, vou te mostrar.
Tem carinho e tem amor.
Tem calor, tem sabor.
Lugares que não são distantes.
Estão logo aqui ao nosso alcance.
Lugares que a gente conhece bem.
Então, procure um sentimento.
Me conte quero sensoriar.
Tem frescor e tem suor.
Tem som , tem emoção.
Sentimentos que são possíveis.
Estão logo aqui, no coração a pulsar.
Sentimentos que a gente  sempre tem.
Vamos ali,
me acompanhe, vou te indicar.
Um sentimento de vida,
Um lugar que vale uma vida.
Apenas aprecie, confie,
venha comigo,
vale a pena sonhar.



texto remall.
foto remall,nosssa marca na entrada da Querência.

sexta-feira, 24 de junho de 2011

fogueira de São João

Nossa ! é uma fogueira.
Sobe madeira.
Sem medo.
Rumo ao céu.
Vem fogueira.
Queima em brasa.
Vermelha.
Laranja.
Azul.
Queima o fogo.
Sobe o calor.
Chega o abraço.
Acaba em beijo.
Tem doces e caldos.
Festas de junho.
Tem bandeiras.
Tem sanfona.
E vem o frio.
E já na madrugada.
Acende a fogueira.
Queima fogueira.
Sobe, sobe fogueira.
Vira carvão.
Fogueira de São João! ! !


texto remall.
foto remall, fogueira de São João.
Distrito de Bom Jesus do Amparo - MG

quinta-feira, 23 de junho de 2011

por um instante

eu te quero aqui e agora.
sem rodeios.
sem preconceitos.
te desejo de todas as maneiras.
das mais gratas.
das maneiras mais sútis.
eu te quero entre minhas mãos.
sem vontades.
sem desejos.
te quero todo meu.
te quero objeto.
sonhos ou devaneios.
eu te quero e te desejo.
me entrego.
eu sonho.
eu conquisto.
uso e abuso do que julgo ser só meu.
e ainda bem que não conheço o erro, nem o vazio.
vou ao encontro e encontro.
te tenho aqui e agora.
e me deleito.


texto remall.

quarta-feira, 22 de junho de 2011

presente é para distribuir !

Ganhei a alguns dias um selinho da minha querida amiga
Mafalda do Blog A Felicidade é o Caminho, 
que ganhou da Maria José do Blog  A Arca do Autoconhecimento.

Obrigada por se lembrar do meu blog.



1) devia indicar 05 blogs, mas como sempre todos que me seguem merecem.

2) uma música que marcou minha vida é :  todas dos Beatles 

3) cinco livros para não esquecer;
vou falar dos que leio sempre;
o Evangelho segundo o espiritismo.
Yoga Mitos e Verdades.
Admirável Mundo Novo.
O Livro da transformação.
Códigos da Vida.

4) O porquê de ter ganho esse selo?...só quem me deu para responder. hehehehe

terça-feira, 21 de junho de 2011

nossos caminhos

Não consigo acompanhar seus passos.
Às vezes eles são longos demais.
Eu tenho o meu caminho e o meu destino.
Você tem o seu destino e o seu caminho.
Mas eu não te perco de vista.
E é só você esticar os braços que logo vai me alcançar.
Porque o seu caminho é o meu caminho .
E juntos vamos chegar lá.
Quando eu caio você me levanta. 
Quando você se cansa eu te incentivo.
E assim vamos caminhando,
mesmo que não na mesma estrada,
mesmo que com objetivos distantes.
Mas eu te vejo,
e você não me perde de seu olhar.
Porque você me completa,
e eu sou o seu instante.
Temos o elo da aliança.
Pois eu te dou o meu amor.
E eu sou o seu ser amante.
Juntos sempre, no mesmo caminhar.




texto remall.

segunda-feira, 20 de junho de 2011

memórias de um cachorro - a casinha

Sinceramente nem sei como Ela deu conta.
Tirou aquele monstro sozinha da carroceria da camionete.
Só sei que colocou "aquilo "lá.
E estava toda feliz, estava me dando um presente.
Me chamou ,e fez de tudo para que eu gostasse "daquilo"
e chamasse "aquilo " de lar.
Tudo bem, "aquilo" até que é bonitinha.
Ela toda caprichosa pintou a tal casinha de branco,
pois a cor dela era horrorosa.
Só que eu não sei e nem me pergunte porque eu só enxergo
a tal casinha como sinonimo de castigo.
E não é que a moda pegou.
E toda vez que faço algo errado corro prá lá.
E quando a coisa é muito feia e eles estão muito bravos comigo,
a frase que escuto é sempre a mesma;
_ PRÁ CASINHA !  AGORA ! ! ! !

depois que Ela sumiu daqui, tenho ido na casinha mais vezes,
tem o cheirinho dela lá.




texto remall.
foto remall, casinha cachorro na Querência.




domingo, 19 de junho de 2011

o poder que não manda

Quem conhece o poder do amor ?
o poder de fazer sorrir, de fazer melhorar, de fazer mudar.
Quem conhece o poder do amor ?
o poder do abraço, do beijo, do amasso.
Quem conhece o poder do amor ?
o poder de ser melhor, fazer melhor, se tornar melhor.
Quem conhece o poder do amor  ?
o poder dos cantos, dos encantos, o poder de fazer sonhar.
Quem conhece o poder do amor ?
o poder que não manda, que não se impõe, não faz chorar.
Quem conhece o poder do amor ;
simplesmente ama.



texto remall.
foto remall, minúscula bromélia em flor na Querência.

sábado, 18 de junho de 2011

daqui a pouco

Daqui a alguns anos meus cabelos vão estar mais brancos.
Meu rosto trará em rugas os fatos de minha existência.
Meus sorrisos e minhas lágrimas, encravados na minha face.
Espero não estar rabugenta.
E que as palavras não me fujam da memória.
Quero me orgulhar de meus atos.
Quero ter sido solidária com tantos quantos precisaram.
Quero olhar para trás e ver um rastro de felicidade.
Daqui a alguns anos devo estar mais gordinha.
Mas quero  ainda ter saúde.
Quero caminhar com minhas próprias pernas.
Ver o mundo com a ajuda das lentes de meus óculos.
Quero ainda ter esse mesmo sorriso estampado no rosto.
Daqui a alguns anos quero ser ainda mais eu.
Saber que ainda sou determinada, boa pessoa, honesta, e de caráter.
Quero ainda estar no caminho do bem e para o bem.
Quero estar no contexto da paz.
Daqui a alguns anos;
quero estar com meus dedos entrelaçados ainda nos seus.
Quero estar seguindo no mesmo caminho de seus passos.
E espero...
Que você ainda esteja ao meu lado.
Amo você e seu sorriso.
Pois é isso que me faz continuar.

                                                             Hj , 17 anos bem casadinhos.
             Viva ! ! !


texto de remall.
fotos de remall, na Querência.

quinta-feira, 16 de junho de 2011

certa

Então, eu solto a sua mão.
Fixo o olhar em um ponto além.
Dou um passo em falso.
Mas não erro no caminhar.
Já vejo a nova estrada.
Mãos sem aonde apoiar.
Coração com um certo receio.
Mas a alma liberta ,sonha em conquistar.
Voa agora sozinha.
Disposta a errar e acertar.
E vai o velho.
Vem o novo.
No escuro.
Um novo despertar.
Hoje sou eu sem você.
Mas não me sinto sozinha.
Tenho a mim mesma a me amar.



texto remall.

quarta-feira, 15 de junho de 2011

um achado

No íntimo da alma conhecemos o sentimento da união perfeita
que nos inspira a compaixão por todos os seres.
A força da união remove bloqueios e dissolve as indiferenças.
Quando duas pessoas estão unidas em nome do amor e da verdade
as bênçãos de Deus se derramam e preenchem a todos com sua dádiva.
Quando o poder da cura do amor flui em nossas vidas
transformam velhos hábitos e crenças e ao mesmo tempo
nos protege e vitaliza quem nos rodeia.
Tudo acontece por causa do amor.
E o amor abraça o coração.
O segredo da força do coração é que você deve usá-lo sempre
amando e perdoando.
Devemos acordar todas as manhãs,olhar para o lado e amar,
conversar com Deus e agradecer.
Devemos ajudar quem amamos e quem nos ama,
Ouvir, compreender, ser amigo, ser amante.
Todos os dias.
Juntos ou separados.
A força do amor é magnífica e não mede tempo ou distância.
A união abraça o coração,
que abraça o amor,
que abraça tudo.
É  tudo Deus.




texto , encontrei esse texto em uma antiga agenda.
não sei se fui eu quem escreveu ou se é de outra autoria.
foto remall, orquídeas da Querência.

terça-feira, 14 de junho de 2011

memórias de um cachorro - tem coisas que não mudam

Os dias por aqui tem sido muito sem graça.
Ela desapareceu, tem mais de um mês que a gente não a vê por aqui.
O Grandão vem sempre e tenta ser carinhoso,
mas nem de longe é a mesma coisa.
Meu irmão também anda meio triste,
mas como é mais velho tenta me fazer ficar feliz.
Tem até brincado comigo.
Eu ainda estou com o espaço restrito, todos tomam conta dos meus passos.
O cachorrinho do vizinho fica do outro lado da tela,
corre para cima e para baixo e isso me distraí um pouco.
Só que ando meio stressado.
Muitas mudanças;
a falta dela, a briga com o ratinho, a confusão com a polícia.
Então eu resolvi colocar para fora meus problemas.
Fui nadar no côrrego.
Sei que não posso.
Sei que os caminhos estão fechados para minha passagem.
Mas também sei que posso arrombar a tela do fundo.
Sei que posso cavar um grande buraco.
Sei que aonde o terreno é de lama é mais fácil.
Então, porque não se aventurar ? !
Rapidinho descobri a resposta.
Porque se eu estou stressado, o Grandão está muito mais.
Se faço algo errado, eu apanho.
Se apanho vou para a casinha....mesmo que todo sujo de lama.
E quando Ela voltar vai me matar.
A casinha foi repintada a pouco tempo.
E meu stress continua.


texto remall.
foto Grandão, cachorro imundo na casinha da Querência.

segunda-feira, 13 de junho de 2011

o santo casamenteiro

Quem já tem o seu , segura forte para não escapulir.
Quem ainda não tem, pede , pede, pede, quase que implora.
Faz promessa, reza, faz simpatia.
Assim é o nosso povo brasileiro.
Cheio de credos e crendices.
E o pobre do santo com fama de casamenteiro,
tem ate o seu dia,
mas fica muitas vezes  de cabeça para baixo,
perde seu menininho, que ele segura forte e carinhosamente em seus braços.
E para tê-lo de volta ou voltar de cabeça para cima,
tem que se virar e casar tudo quanto é mocinha .
Hoje no seu dia, 
Santo Antônio é reverenciado,
tem festa pra tudo quanto é lado.
Tem bolo dividido em mil e um pedaços.
Quem quer se casar reza com fervor.
Quem já é casado pede em favor... para não deixar o marido escapar.
Viva Santo Antônio !
E acredite e peça, quem quer se casar.




texto remall.
foto remall, estandarte de Santo Antônio feito por mim.
Para homenagear o padroeiro do meu lugarejo,
e claro pedir proteção.

memórias de um cachorro fica para amanhã.

domingo, 12 de junho de 2011

love,love,love

Essa estrada me levou ate o sorriso.
Essa estrada me  mostrou o mais belo olhar.
E sorrindo vi meus olhos brilharem.
Disse palavras doces.
Me deixei levar.
Meu coração bateu no compasso certo.
Minha alma se encontrou com a sua certeza de continuar.
Ficar eternamente apaixonada deixa a gente assim;
Feliz...

Feliz dia dos namorados.
Meu eterno namorado de muitas vidas.


texto remall.

sábado, 11 de junho de 2011

sabado feliz com selinhos para meus seguidores . VENHAM

Meu sábado ficou ainda mais feliz.
Ganhei dois selinhos  da Mafalda, do blog A Felicidade é o Caminho,
que ganhou da Lena do blog Amadeirado e da Neusinha do blog Mundo da Neusinha Brotto.
E assim a felicidade vai e vai ,
passando de blog em blog.

as regrinhas são:
exibir as imagens.
postar o link de quem te ofereceu o selinho.
publique as regras.
indique 10 blogs.
avise os indicados.

ps.; as duas últimas regrinhas eu não vou cumprir, pois tenho dificuldade em indicar,
portanto dedico e indico a todos que vem com frequencia ao meu cantinho.









sexta-feira, 10 de junho de 2011

ontem

Que tempestade foi aquela de ontem.
Derrepente o tempo fechou e começou uma ventania.
O vento soprava, uivava.
As folhas voavam.
As árvores caiam.
Os coqueiros abaixavam.
Reverenciavam o poder do vento.
A luz foi embora.
E de mais escuro se fez a noite.
Não teve lua e muito menos estrela..
Caiu uma chuva meio forte, muito fria.
E assim a natureza se mostrou viva, forte, decidida.
Eu não tive medo.
Apreciei todo esse poder .
Toda essa energia.


texto remall.

quinta-feira, 9 de junho de 2011

um dia desses

Hoje eu acordei e decidi,
estou de folga.
Desliguei o telefone, computador, o celular.
Guardei a bolsa no armário, esqueci do relógio.
Vou relaxar.
Acordei toda feliz.
Aproveitei que estou na cidade,
vou passear.
Mandei dizer que que não estou.
Para anotar o recado,
voltar amanhã ou me acompanhar.
Mas também com um céu desse !
Decidi.
                                                                     Vou sonhar!

quarta-feira, 8 de junho de 2011

descoberta

Sou o que transforma
O que te toca
O que faz sorrir
Sou seu dia iluminado
Seu coração restaurado
Sou o seu destino de luz
Serei tudo que quiseres
Serei o mais belo dos brilhos
O olhar que nunca se perde
A boca que seduz
Já fui o caminho certeiro
Fui sonho
Nunca pesadelo
Fui a semente que hoje flori
Não sei se sou, serei ou fui
Não entendo de tempo presente
Não gosto do passado ausente
Não conheço o futuro das mentes
Vivo no coração
Na alma que encanta
Na palavra que traduz
Sou só amor 
E só hoje que descobri




texto remall.
foto remall, caminho de flores de quaresmeira na Querência.

terça-feira, 7 de junho de 2011

para todo dia

" No momento em que nos comprometemos,
   a providência divina também se põe em movimento.
   Todo um fluir de acontecimentos surgem a nosso favor
   como resultado da atitude.
   Surgem todas as formas de imprevistos e coincidências,
   encontros e ajudas,
  que nenhum ser humano jamais poderia ter sonhado encontrar.
  Qualquer coisa que você possa fazer ou sonhar, você pode começar.
  A coragem contém em si mesma,
  o poder, o gênio e a magia. "



texto, Goethe.
foto remall, céu em movimento na cidade

segunda-feira, 6 de junho de 2011

memórias de um cachorro - procurado

Hoje o dia amanheceu fervendo.
Que confusão eu fui arrumar.
O Grandão está uma pilha de nervos.
Discutiu com o homem e gritou bem alto.
Ela está chorando lá dentro.
Os dois até brigaram.
Meu irmão sumiu,
subiu pasto acima ,
e tem um tempão que ninguém sabe dele.
Juntou de gente aqui pelas redondezas.
Quando o carro da polícia foi embora, 
eu já estava dentro da casinha tinha um tempão.
Estava lá esperando a surra.
Só que, o que aconteceu foi que eles nem vieram falar comigo.
O dono do tal cachorrinho, aquele cachorrinho chato;o "ratinho",
aquele que eu destrocei e agora foi para o inferno,
deu queixa na polícia.
Disse que eu sou uma ameaça.
Se eu sou maior, mais forte e o tal "ratinho" morreu,
que culpa eu tenho !
Logo eu,que só estava defendendo meu terreno.
Pois bem, agora tá todo mundo aqui em casa
com medo que me aconteça alguma coisa.
Já sei que não posso comer nada de gente de fora,
e que é melhor ficar longe das divisas com tela.
Andar e correr pelos pastos e pelo resto do terreno,
nem pensar.
Tenho que ficar só no pedaço de terreno que está cercado,
tenho um pedação de terra, o outro invade, e eu é que danço.
Mas é melhor assim para não dar mais confusão.
Ela já parou de chorar e o Grandão já se acalmou.
Agora fiquei famoso.
E eu ganhei um cartaz !

sei que não tem graça, mas depois de tanta confusão
se a gente não rir um pouquinho....




texto remall.
foto remall, cachorro que só arruma confusão da Querência.
para quem ficou com dó dele, olha a confusão que ele arrumou a uns meses atrás.

domingo, 5 de junho de 2011

dia do meio ambiente

Desejo e sonho.

Com o dia em que nenhuma árvore tombará no chão pela mão do homem.
Que os rios não mais sofrerão pela poluição e mudança de seus cursos.
Que os animais não conhecerão os traficantes,
a dor de uma bala,
ou a prisão de uma grade.
Que o fogo não se alastrará pelos campos.
Que os morros não se tornarão favelas.

Sou uma sonhadora, lutadora.
Sou persistente.



 texto remall por remall.
foto remall, natureza e meus heróis na Querência.

sábado, 4 de junho de 2011

lembrete

" A felicidade não está onde a procuramos,
mas na simplicidade das pequenas coisas ao nosso redor "



texto, do livro Códigos da Vida
foto remall, besourinho da Querência.

sexta-feira, 3 de junho de 2011

confie

Confie no coração,
no seu olhar,
na audição.
Confie no paladar,
no toque de suas mãos.
Confie nos seus passos,
no caminho,
no sonho,
no inevitável.
Confie na viagem,
no brilho,
na alma,
em sua aura.
Confie.
Confie no pensamento,
no desejo,
no renascimento,
nas cores,
na emoção.
Confie no outro,
no próximo,
no longe,
no poder de confiar.
Confie no existir,
no continuar,
no seguir,
no ser feliz.
Confie.
Eu,  você,  todos nós.
Confiar,   sorrir,   viver,  amar.
Perdoar.



texto remall.
foto remall,flor da Querência.
Confiança que, o simples é belo.

quinta-feira, 2 de junho de 2011

sonho de sonhar

Se eu sonhasse um sonho impossível,
ele teria asas para voar.
Falaria baixinho coisas de amor.
Escutaria com o coração para ter coragem e continuar.
Se eu sonhasse um sonho impossível,
o tempo poderia parar.
Nos caminhos não existiriam só pedras.
Sol e lua se encontrariam no mesmo lugar.
Se eu sonhasse um sonho impossível,
mãos e abraços,
beijos e bocas,
tudo se sentiria num só olhar.
Palavras não ditas,
segredos escondidos,
sorrisos e amigos.
Tudo num só conto,
num só poema,
num só cochichar.
Se eu sonhasse um sonho impossível,
tudo seria possível,
até mesmo o sonho de sonhar.



texto remall.
foto remall, meu cantinho de sonhar na Querência.

quarta-feira, 1 de junho de 2011

eu amo minha terra - Minas Gerais

eu sei

Sei que posso no meu melhor superar barreiras.
Sei que posso no meu melhor sorrir e te fazer sorrir.
Sei que posso no meu melhor dividir e multiplicar.
Sei que posso no meu melhor ser ainda melhor.

Para isso vejo a luz no fim do túnel.
Acredito no amanhã.
Sonho e realizo a esperança.
Abro um bonito sorriso.
Digo palavras belas.
Dou valor ao conforto inesperado.

Pois, nos dias e na vida,
A gente cai e se levanta.
A gente se desespera mas se surpreende.
Se confunde no barulho mas se encontra no silêncio.
Estica os braços e encontra o abraço.
Ergue a mão e encontra os entrelaços dos dedos amigáveis.

Por tudo isso sei que posso.
Estou aqui e sei que posso.
Pois tenho fé


texto remall.
foto remall, cruz de fitas (artesanato tradicional da fé mineira)
Ipoema -MG